Notícias

Turismo sobre duas rodas

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

foto2

Com uma mochila nas costas e muita disposição, qualquer ciclista pode conhecer diversos caminhos de Santa Catarina. Próximo a Gaspar, há duas rotas que convidam o ciclista a ter uma visão diferente das cidades do Vale e Foz do Rio Itajaí-Açu: o Circuito Vale Europeu e a Costa Verde & Mar.

De acordo com dados da Associação Mundial de Trade de Turismo de Aventura (ATTA), há um crescimento na procura por viagens de bicicleta, aumento na oferta de destinos atraentes em todo o mundo e um maior interesse das pessoas pelos cicloturismo. O site Planeta Sustentável destaca que Santa Catarina é o estado brasileiro que melhor está preparado para lidar com este público.

Na página ao lado, saiba mais sobre os encantos do dois roteiros catarinenses que estão mais próximos da cidade de Gaspar.

 

Costa Verde & Mar

Muitos quilômetros de praia e outros tantos pelos caminhos de terra cercados por plantações. Assim é o circuito de cicloturismo do Costa Verde & Mar, o único do Brasil a reunir litoral e interior e que dá ao turista a oportunidade de conhecer 11 cidades da região com a sua bicicleta. De acordo com o Consultor Técnico Administrativo e Turismólogo da Secretaria de Turismo de Itajaí, Rodrigo Luiz Flâmia, foi por meio de um contato com a Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú e Camboriú que a Costa Verde & Mar pode conhecer o potencial que a região possui para o cicloturismo. Os dados que a associação possuía sobre os ciclistas foram utilizados para começar o planejamento do roteiro, em 2010, que ficou pronto no ano seguinte.

“Acreditamos que o circuito todo merece destaque, até mesmo porque a rota é bem eclética e são muitas as singularidades de cada município envolvido”, conta o turismólogo. Entre os 270 quilômetros de pedalada, Rodrigo fala de dois pontos, que costumam chamar a atenção de turistas. Um deles é o caminho que leva até a Cachoeira Seca, no município de Camboriú. De seca, a cachoeira só tem o nome. Nela o cicloturista pode se banhar e aliviar o calor após quilômetros de pedalada. Próximo à região, um ponto de apoio oferece refeições, aluga chalés e conta com duas piscinas. Outra visão que surpreende o turista é a da área rural de Itajaí. Geralmente associada à imagem do porto e das muitas empresas de logística, Itajaí mostra que seu interior possui muitas belezas naturais.

Para Rodrigo, a maior vantagem de abranger litoral e interior é atrair dois tipos de público, o que é aficcionado por praias e aquele que gosta de ter contato com a natureza, mergulhar em rios e cachoeiras. “O cicloturismo deve crescer nos próximos anos, basta vermos o quanto o público vem aumentando nos últimos anos. Ele cresce aliado à questão da mobilidade urbana e da prática de um turismo cada vez mais sustentável”, observa.

270 quilômetros

Balneário Camboriú

Balneário Piçarras

Bombinhas

Itapema

Itajaí

Navegantes

Penha

Porto Belo

Camboriú

Ilhota

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *