Artigos Manchetes secundárias

Bicicleta Elétrica – Parte 1

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O que pode ser considerado uma bicicleta elétrica? A e-bike ou bicicleta elétrica é um bike equipada com motor elétrico sobre as rodas e alimentado por bateria lithium que auxilia no deslocamento do ciclista por toda cidade sem precisar fazer esforço. Aos ciclistas que está interessado em adquirir a sua magrela elétrica segue algumas orientações para você ficar ligar na hora da compra.

Quando você vai encontro para buscar modelos de e-bikes tem que ver qual é a sua finalidade e se adaptar a sua necessidade. Caso for para lazer precisa de conforto, longas distâncias a autonomia da bateria é essencial, foco será para o uso diário tem que levar em conta a potência do motor.

Acessórios Úteis
Veja quais são os acessórios inclusos na e-bike, como cadeado, buzinas, luzes, para-lamas, amortecedores, câmbios, baú de carga etc. Eles fazem uma grande diferença no cotidiano. Analise quais são mais importantes para o uso que você fará da e-bike.

Aprender sobre os Componentes Elétricos
Dedique um pouco do seu tempo para aprender sobre os diferentes acessórios que a e-bike possui. Conheça os tipos de motores, baterias e formas de aceleração existentes. Veja que o local de alojamento do motor e da bateria pode variar dependendo do modelo da bicicleta. Depois de saber qual será a destinação de uso da sua bicicleta elétrica, e conhecer um pouco sobre os componentes, é hora de avaliar algumas de suas características.

Motor
Há dois tipos de motores: o Brush é o motor com escovas, e o Brushless que é o motor sem escovas. Com relação ao motor, o item mais importante a ser analisado é a potência. Caso o seu percurso seja plano, você mantenha uma velocidade constante e não sobrecarregue a bike, um motor de 180 a 250 watts já é suficiente. Esses motores geralmente têm a opção de pedalar junto, ou seja, a energia que move a bike é dividida entre você e o motor. Se você não pode pedalar muito em decorrência de alguma deficiência, ou vai enfrentar terrenos com mais relevo, a versão de 350 watts é mais indicada. Motores com 600 watts são sugeridos para pessoas com maior limitação de mobilidade física, ou para ciclistas mais pesados, e para situações em que é preciso enfrentar fortes subidas; eles dão uma sensação semelhante a uma moto elétrica. Pode haver uma queda de rendimento em situações de ventos contrários muito fortes, colinas, superfícies lentas, como a lama, pneus descalibrados etc. Quanto maior a potência, maior a velocidade e a aceleração possível de atingir com a e-bike: por isso, seja cauteloso na escolha e utilização.

Ajustes
Verifique se a e-bike permite ajustes, como, por exemplo, regular o selim. Se o modelo for dobrável, verifique a facilidade de travar e destravar para dobrar.

Onde Comprar, Marca adequada e Garantia
Escolha a loja onde vai comprar a e-bike sabiamente. Opte pela proximidade: na melhor das hipóteses você terá dúvidas e perguntas ou na pior das hipóteses terá problemas e necessitará de assistência técnica. Analise se a loja terá as peças de reposição necessárias, especialmente as baterias. Existem muitas opções no mercado e você ouvirá todo o tipo de opiniões, mas pesquisar um pouco mais: se é difícil conseguir informações sobre aquela marca, é melhor não arriscar. As bicicletas elétricas geralmente vêm com duas indicações de garantia: uma da bicicleta e outra da bateria. Quanto maior o tempo de garantia, melhor, mas ao comprar, informe-se também sobre a facilidade ou burocracia das trocas.

Comentários