DBike - Revista catarinense de cicilismo | Santa Catarina, 18 de maio de 2024 | Quem somos | Contato

Pedalar faz bem para a saúde

foto1

Engarrafamentos, principalmente em horários de pico, são parte do dia a dia da maioria dos motoristas. O tempo que se perde em trânsito lento ou totalmente parado pode ser muito grande, por isso, trocar o carro pela bicicleta parece uma ideia cada vez melhor.  Além de ganhar tempo, quem opta pela bicicleta também faz um exercício físico, contribuindo de alguma forma para a sua saúde. Sebastião Schmitt Júnior, de 27 anos, é educador físico e não apenas entende os benefícios da pedalada como também usa a bicicleta como seu principal meio de transporte. “Optei pela bicicleta para economizar tempo. Além de também não precisar gastar com combustível e não poluir o meio ambiente, ela também promove qualidade de vida”, destaca.

De acordo com Sebastião, quem pedala realiza uma atividade aeróbica, contribuindo para a melhoria da pressão arterial, controle do diabetes, prevenção de doenças do coração e combate ao envelhecimento. Outros benefícios são a promoção do bem estar, ganho de tônus muscular e até mesmo emagrecimento. “O resultado pode ser grande para quem leva uma vida sedentária e resolveu trocar o carro pela bicicleta, aliando este novo hábito a uma alimentação mais saudável. A bicicleta deve ser usada como uma atividade prazerosa, não pode ser encarada como algo chato e cansativo”, afirma o educador físico. Sebastião aconselha que as pessoas sedentárias procurem o médico antes de realizar esta mudança, para verificar se está tudo bem com a saúde. Em alguns casos, a bicicleta não é recomendável, como no caso de pessoas que possuem desgastes na coluna e quadril.

Para começar, não é preciso que a bike seja muito sofisticada, porém é importante ir a uma loja especializada (http://www.demarchibicicletas.com.br/) para saber o tamanho adequado do quadro da bicicleta para o ciclista e, é claro, comprar os equipamentos de segurança. O educador físico recomenda que quem não realiza nenhum tipo de atividade física comece aos poucos, que troque o carro pela bicicleta de forma gradativa. “Vá dois dias por semana trabalhar de bicicleta, depois três dias e aumente a frequência”, finaliza.

Similar Posts

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.