DBike - Revista catarinense de cicilismo | Santa Catarina, 22 de maio de 2024 | Quem somos | Contato

Novo formato de tele-entrega: Bike Boys

No ano de 2017 foi registrado 41,5 gigatoneladas emitidos de dióxido de carbono (CO2). 90% desta totalizado teve ação do ser humano, através de uso de combustíveis fósseis e da indústria, este número de assemelha com 2015 que foi marcado por o ano recorde de emissão de CO2. Os dados foram apresentado na Nature Climate Change, publicação científica do Nature Publishing Group sobre aquecimento global, e Environmental Research Letters, revista científica trimestral sobre ciência ambiental.

Mirando este grave problema ambiental gerado pelo homem, as empresas de tele-entrega estão se reinventando. Substituindo os motoboys pelos Bike Boys, gerando praticamente zero poluente para o meio ambiente e reduzindo o custo da entrega.

Segundo o Sindicato das Empresas de Entrega Rápidas de São Paulo (Sedersp), média do custo para um serviço de Motoboy, como pegar uma encomenda no ponto e entregá-lo no ponto B é de R$ 35 para um raio de 20 quilômetros. Já o mesmo serviço de bicicleta sai por cerca de R$ 20, mas sem limite de quilometragem. “Pedalava de grátis e agora recebo para fazer o que gosto, tem como não gsotar”, Yago Munzfeld, Bike Boy em Balneário Camboriú.

 

EMPRESA ECO BIKE

Florianópolis/SC

BIKE LEVA – Entrega Sustentável: (48) 3371-7620 / (48) 99814-5472

JÁ LEVA: (48) 98411-7707 / (48) 98411-9941 / (48) 99188-2350

 

Referência da pesquisa: https://www.nature.com/nclimate/

Similar Posts

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.